Ivory IT

Blog

  • Home »
  • Blog »
  • Força de trabalho multigeracional: como preencher as lacunas da comunicação?

Força de trabalho multigeracional: como preencher as lacunas da comunicação?

Tecnologia e Inovação - por Fernanda Pinheiro

Força de trabalho multigeracional.

Força de trabalho multigeracional.

Embora nunca tenha sido fácil alcançar e envolver forças de trabalho, o desafio é maior do que nunca, já que os locais de trabalho estão evoluindo. Muitas organizações estão espalhadas por toda região ou país.

A maioria tem funcionários fazendo uma variedade de trabalhos, desde os de escritório em uma mesa até o trabalho não administrativo em setores como transporte, varejo e manufatura.

Quase todas as organizações são multigeracionais, com uma mistura de novas contratações em seus primeiros 20 anos e mãos experientes em seus 60 anos (ou mesmo 70) que estão atrasando a aposentadoria.

Essa diversidade dificulta a comunicação, já que cada funcionário possui preferências e necessidades diferentes. Daí surge a necessidade de uma abordagem múltipla, que leve em conta estilos e métodos distintos.

Uma abordagem que inclua inovações digitais colocará as organizações no caminho para o sucesso, especialmente com um número crescente de trabalhadores da geração do milênio entrando na força de trabalho.

O grande desafio é: equilibrar as necessidades e perspectivas de seus funcionários com a demanda do mercado por um processo de mudança contínuo que está acontecendo em uma velocidade acelerada.

3 dicas para se comunicar  com uma força de trabalho diversificada

Aposto que você já ouviu falar na forma como a Amazon, Apple e Google se destacam frente as outras empresas. Elas realmente aprendem mais rápido e entram no mercado com maior facilidade já que abraçam as mudanças com naturalidade.

Por isso, queremos compartilhar alguns exemplos concretos de como se comunicar com uma força de trabalho diversificada de forma efetiva. Fique ligado nas dicas abaixos.

1. Dados demográficos

Quem trabalha na sua empresa? Qual é a idade média dos seus funcionários? Eles possuem filhos? A maioria é homem ou mulher? Qual é o grau de escolaridade média? A maioria mora em qual região? Compreender a composição demográfica da sua empresa é a principal recomendação.

Imagina que você trabalha na sede juntamente com outras pessoas que são como você: líderes, recursos humanos e outras funções corporativas. Concorda que a chance de esquecer quem trabalha com o operacional é muito grande?

O gestor de uma grande empresa que tem uma linda sede no centro de Atlanta, Geórgia publicou em suas redes sociais “Você não sabe realmente como é ser um funcionário da nossa empresa, a menos que você esteja em uma de nossas fábricas da Flórida no verão quente. É barulhento, e não há ar condicionado e, os produtos devem ser produzidos. É uma experiência bem diferente do que sentar na bela sede de carpete.”

Daí vem uma grande recomendação: passe uma semana com essa força de trabalho. Incorpore na rotina deles e entenda claramente quanto tempo esses funcionários tem para se comunicar. Quais problemas de acesso eles podem ter e como eles desejam receber informações.

Concorda que propor o uso de uma nova tecnologia ou estratégia será mais efetivo?

2. Rich Média

Um grande desafio enfrentado pelas organizações que possuem força de trabalho multigeracional é que muitos funcionários mais jovens estão acostumados com as mídias sociais. Elas exibem o conteúdo de forma rápida e fácil de digerir além de evitar textos e artigos longos. Eles querem ver o que está acontecendo em um período de tempo muito curto.

Porém, existe uma grande parcela de funcionários que não acompanham essa rapidez na disseminação da informação. Daí a importância de se colocar na posição do funcionário e pensar na sua experiência.

Após ter estudado os dados demográficos da sua empresa, qual é a geração média da sua força de trabalho? Você já conversou com seus funcionários sobre o tipo de conteúdo que eles gostariam de ter acesso? Que tipo de serviço seria interessante ser acessado através de alguns cliques?

Como você vai expor esses conteúdos? Lembre-se que a praticidade é uma escolha unânime. Disponibilize uma ferramenta de comunicação eficiente e preze pela linguagem que é aceita pelos seus funcionários. Você vai ver como a taxa de engajamento será satisfatória.

3. Motivação

Daniel Pink, aborda a motivação como sistemas operacionais. Para ele, o primeiro sistema motivacional é baseado exclusivamente em impulsos biológicos cujo objetivo é garantir nossa sobrevivência.

A segunda versão,  funciona na premissa que nos movemos em busca de recompensas e de evitar punições, ou seja, dependemos de estímulos externos para nos motivarmos.

E a terceira versão, tem seus elementos baseados na motivação intrínseca que surge a partir da autonomia (de tempo, tarefa e time), excelência (fazer melhor algo que seja relevante) e propósito (fazer algo por uma causa maior que si mesmo).

Concorda que essas três fases da motivação está presente em todas as gerações? O grande segredo é identificar qual delas motiva cada uma.

Conclusão

A força de trabalho multigeracional não deve ser encarada com um problema. O grande equívoco é enquadrar a mesma forma de comunicação para todas as gerações. É muito importante respeitar as diversidades e fazer delas um apanhado de qualidades e talentos.

Busque por ferramentas que tem como objetivo estreitar essas diferenças, facilitar e fazer da comunicação um instrumento de sucesso.  E para isso, nada mais certo do que compreender quem é a sua força de trabalho.

Agora, conte-me: quais as ferramentas de comunicação você utiliza na sua empresa? Se tiver alguma dúvida ou sugestão é só enviar um e-mail para fernanda.pinheiro@ivoryit.com.br

Cadastre-se para receber as novidades

Enviando...