Ivory IT

Blog

  • Home »
  • Blog »
  • Copa do Mundo X Comunicação Interna

Copa do Mundo X Comunicação Interna

Tecnologia e Inovação - por Fernanda Pinheiro

Copa do Mundo.

Estratégias de comunicação da Copa do Mundo.

A Copa do Mundo FIFA é o evento esportivo mais popular do mundo que acontece a cada quatro anos. Ao longo de um mês inteiro, 32 equipes representando 32 nações competem pelo cobiçado campeonato, com mais de 700 milhões de pessoas assistindo à partida final do torneio.

Isso é 1/9 de toda a população do nosso planeta, tornando-se o evento esportivo mais visto no mundo. Não surpreende que, em 2014, as empresas gastaram US $ 1,5 bilhão em publicidade durante a Copa do Mundo.

Sabe o que isso significa? Cinco vezes mais do que as empresas gastaram em publicidade na principal liga de futebol americano dos Estados Unidos naquele mesmo ano.

Mas, assim como as empresas aproveitaram a oportunidade de se comunicar com o mundo através de comerciais, as organizações também podem aprender sobre a comunicação dos próprios jogadores e equipes.

5 maneiras pelas quais a Copa do Mundo reflete estratégias de comunicação interna

1. Tenha um plano de jogo

Antes da grande disputa, uma boa equipe técnica prepara um longo relatório sobre seus oponentes, escrevendo peças planejadas para combater os pontos fortes de sua oposição e tentar encontrar maneiras de impedir seus melhores jogadores.

A medida que a equipe se prepara para lutas específicas, os jogadores assistem horas de filmagem do jogo para se familiarizar com o estilo de jogo de seu oponente, e os técnicos tomam decisões sobre a melhor maneira de vencer a equipe. Essas estratégias proativas são essenciais para o sucesso de um time. Ter um plano de jogo sólido é fundamental.

A comunicação interna da sua empresa também exige um plano de jogo forte? As empresas devem decidir o que querem alcançar com seus canais de comunicação e planejar um caminho para alcançar o resultado.

Ter uma estratégia bem pensada irá mantê-lo no caminho certo e dentro do orçamento, colocando-o no caminho para o sucesso da comunicação interna. Pesquisas de satisfação é um ótimo primeiro passo na elaboração do seu plano de jogo.

Elas permitem que as empresas vejam o que os funcionários querem e precisam em seus sistemas de comunicação facilitando a construção de um plano direcionado para atender a esses desejos e necessidades.

2. Trabalhe em equipe

O jogador deve trabalhar em conjunto em todos os instantes, só assim será possível vencer o outro time, concorda? É impossível que os jogadores execute a estratégia de seus treinadores se eles não entenderem qual é o seu papel e como ele se encaixa nos objetivos planejados para o jogo.

Não há nenhum EU em equipe. Você já ouviu o velho clichê: o trabalho em equipe é essencial para que uma organização seja bem sucedida? Em 2014, A Alemanha nos marcou com os 7 X 1 e ainda levou a Copa do Mundo, sabe por que?

Capacidade de trabalhar em equipe. A grande maioria dos times de futebol contam com um ou dois superstars para levá-los ao sucesso, mas cada jogador alemão assumiu a responsabilidade de suas ações.

Trabalharam juntos como uma máquina bem lubrificada, provando que onze jogadores trabalhando como um são melhores do que dez jogadores apoiando uma única superestrela.

Quando se trata de comunicações internas, todos da empresa precisam trabalhar juntos para executar um plano. Para criar uma cultura conectada, é importante que todos estejam na mesma página sobre o que está acontecendo.

Na falta de um sistema que permita a conexão entre os funcionários constantemente e facilite a disseminação de informações, eventos e mudanças dentro de uma empresa, os funcionários provavelmente se sentirão isolados prejudicando a produtividade.

3. Ouvir é tão importante quanto dar direção

Qual é a importância de ouvir? E se você for um treinador ou um jogador? Concorda que os jogadores devem ouvir os treinadores para entender o plano de jogo e saber o seu papel na execução? Mas os treinadores também precisam ouvir os jogadores para que eles possam ter certeza que de que não há confusão sobre o que eles estão sendo solicitados a fazer.

Às vezes, são os jogadores que têm os melhores insights sobre como ganhar um jogo ou para determinado jogador; afinal de contas, são eles quem realmente estão em campo.

Por essas e outras razões, é importante que os treinadores ofereçam uma oportunidade para os jogadores comunicarem seus pensamentos e opiniões.

Da mesma forma, é importante que a alta administração forneça aos seus funcionários canais para comunicar seus pensamentos e opiniões. Se os funcionários não sentirem que suas vozes estão sendo ouvidas, com certeza ficarão frustrados e desenganados em seu trabalho.

Assim como os jogadores de um time de futebol podem ter as melhores ideias sobre como sua empresa pode melhorar e ter sucesso. Ao fornecer canais de feedback, sua empresa pode aproveitar totalmente as ótimas ideias levantadas.

Não só é importante que a alta gerência comunique-se com seus funcionários sobre o que é esperado deles, mas eles também precisam fornecer oportunidades para os funcionários serem ouvidos e, tão importante quanto isso, ouvir o que eles têm a dizer.

4. As metas são ótimas, mas ganhar é tudo

Muitas vezes, as equipes que ganham uma liderança no início do jogo acabam por fazer a vitória porque jogar a partir da frente faz com que percam a sua intensidade.

Isso aconteceu na Copa do Mundo de 1974, quando a Holanda assumiu a liderança com um pênalti e passou a perder para a Alemanha Ocidental, por 1 X 2. É fundamental que treinadores e jogadores lembrem que marcar um gol não é o mesmo que ganhar o jogo e que o foco é necessário até que os 90 minutos (e às vezes mais) tenham sido jogados.

Quando se trata de comunicação, perder de vista o que constitui uma vitória também pode ser um problema para as empresas.

Uma coisa é ser bom em comunicar informações específicas ao seu círculo interno ou a um público específico, mas as empresas muitas vezes não conseguem entender que a comunicação vencedora é a comunicação que atinge todos da organização.

5. Divirta-se

Os jogadores profissionais de futebol têm a sorte de ganhar muito dinheiro para jogar um jogo que eles presumivelmente gostem. Eles vão trabalhar todos os dias e competem para ganhar a vida, e embora esse tipo de trabalho certamente esteja longe de ser livre de estresse, certamente parece divertido.

Quando as empresas pensam em comunicação, elas também não devem esquecer de se divertir. Tornar a comunicação interna para seus funcionários divertida certamente aumentará o engajamento. Indicadores afirmam que 88% dos funcionários que entram no mercado de trabalho querem trabalhar em um ambiente divertido e social.

Os empregadores devem lembrar-se de colocar humor na cultura local de trabalho se quiserem atrair, envolver e reter talentos.

Finalize o objetivo

Assim como as equipes estarão competindo em junho e julho a Copa do Mundo, as empresas de hoje estão competindo entre si para atrair e reter os melhores funcionários.

Tem sido dito que as primeiras impressões são douradores, e essa é apenas uma razão pela qual ter um plano de jogo para ganhar a comunicação é tão importante para o recrutamento de funcionários.

As conexões iniciais com funcionários em potencial são essenciais para o crescimento, retenção e sucesso ao longo do prazo.

As organizações devem propiciar uma comunicação eficaz como meio de promover o trabalho em equipe, garantindo que todos os funcionários entendam seu papel e se sintam ouvidos e respeitados.  Isso é a  base para uma estratégia que não só marcará metas mas também ganhará jogos.

O que acha de me enviar um e-mail contando sobre como anda a comunicação interna da sua empresa? Meu e-mail é fernanda.pinheiro@ivoryit.com.br.

Cadastre-se para receber as novidades

Enviando...